• Federação Nacional

Os trabalhadores do sector social são essenciais

A FNSTFPS, manifesta publicamente a sua solidariedade a todos os trabalhadores do sector(IPSS e Misericórdias)pelo empenho, profissionalismo e sentido de dever que têm demonstrado ao longo desta crise sanitária, privilegiando o cuidar do outro, relegando paras egundo plano a sua vida pessoal e familiar.

Neste momento, de enorme pressão e de risco de saúde, os trabalhadores do sector social têm mostrado ao País o seu empenho e o seu profissionalismo no combate a uma situação de doença epidémica, provando que a sua atividade profissional é meritória e necessária no apoio às populações desfavorecidas, na área da infância e juventude, dos idosos e dos portadores de deficiência demonstrando,sem equívocos, que asseguram na sua plenitude, estas funções sociais do Estado.


Os trabalhadores das Misericórdias e das IPSS, a quem o Estado e as entidades empregadoras sempre negligenciaram a valorização laboral e dignificação profissional estão,neste momento, na linha da frente do combate à doença, ao mesmo tempo que se mantêm firmes no combate contra os abusos e violações dos seus direitos laborais que diariamente lhes são impostas pelas Direções, recorrendo agora descaradamente ao pretexto da Covid-19 e do Estado de Emergência.


A FNSTFPS e os seus sindicatos continuarão a desenvolver a sua atividade reivindicando e exigindo para os Trabalhadores do Setor Social o cumprimento dos seus justos direitos,melhores salários, melhores condições de trabalho, valorização e dignificação profissional.


MANTÉM-TE INFORMADO JUNTO DO TEU SINDICATO!

A LUTA CONTINUA, NÃO DESISTIMOS!

JUNTOS SOMOS MAIS FORTES!


FNSTFPS

12 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Trabalhadores das IPSS exigem melhores salários

Um centena de dirigentes, delegados e trabalhadores das Instituições Particulares de Solidariedade Social, concentraram-se no passado dia 23 de Setembro, à porta do Ministério do Trabalho, para exigir

Transferência de competências da acção Social

Menos direitos para as populações! Imposição de deveres aos municípios! Ausência de negociação com os sindicatos! O Governo deu mais um passo para a contretização do processo de transferências de comp

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco