• Federação Nacional

Saudação aos trabalhadores da Função Pública

Trabalhadores da administração pública afirmam com 75% de adesão à greve nacional exigência de melhores salários e mais emprego

A Federação Nacional dos Sindicatos dos Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais (FNSTFPS),saúda todos os trabalhadores da Função Pública que aderiram, de forma muito expressiva, à Greve Nacional que hoje se está a concretizar em todo o País, demonstrando a sua vontade de verem aumentados os seus salários e descongeladas as promoções e progressões nas carreiras; de verem o fim da precariedade e o reforço de pessoal; e de ser aplicada a todos a duração semanal de trabalho de 35 horas.


A elevada adesão à greve, verificada nas primeiras horas, no sector da Saúde, com a grande maioria das principais unidades hospitalares do País, a funcionarem somente com Serviços Mínimos, confirmou-se pela manhã, onde 90% dos trabalhadores estão em greve.


Na Educação, com particular destaque para os estabelecimentos de educação e ensino da Rede Pública, centenas e centenas de escolas estão encerradas, devido à adesão de 90% dos trabalhadores abrangidos pelo aviso prévio de greve.


Nos serviços desconcentrados da Segurança Social, da Justiça, da Cultura e de outras áreas da Administração Central do Estado, registam-se encerramentos de serviços ou funcionamentos deficientes devido à adesão à greve da totalidade ou quase totalidade dos trabalhadores.


Os resultados desta Greve Nacional, convocada pela FNSTFPS, deixam um claro sinal ao Governo que este tem de mudar de política, de forma evidente, relativamente aos trabalhadores da Função Pública e que estes não podem continuar a ser sacrificados com a manutenção de políticas que foram derrotadas em Outubro de 2015 – congelamento de salários e carreiras, precariedade,redução permanente de trabalhadores no sector, falta de condições de trabalho e redução do investimento na Administração Pública.


A FNSTFPS considera que o Governo, perante este claro sinal de exigência de consagração das reivindicações dos trabalhadores, está obrigado a negociar e a levar à prática, no imediato, o conjunto de medidas mais urgentes para que os trabalhadores da Função Pública tenham trabalho com direitos e melhores condições de vida.


O Gabinete de Informação

Posts recentes

Ver tudo

Adesão à Greve Nacional de 27 de Outubro

Adesão à greve nacional dos trabalhadores da administração pública marcada pela exigência de salários descongelados e investimento no sector. A Federação Nacional dos Sindicatos dos Trabalhadores em F

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco